A Culpa é de John Green

8201036216_5d9e36c519_z

(Foto: melinasouza.com)

A capa azul, preta e branca pode chamar a atenção nas prateleiras das livrarias, mas é com as palavras que “A Culpa é das Estrelas” conquista o leitor do início ao fim. O livro narra a história de Hazel Grace, uma adolescente de 16 anos que sofre com tipo raro de câncer terminal. Sua vida, ou o pouco que restava dela, estava passando diante de seus olhos de maneira entediante e insignificante, até que ela conhece um rapaz chamado Augustus Waters, sobrevivente de câncer. Juntos, os dois jovens irão descobrir novos significados para a vida, aprendendo a valorizá-la, em uma narrativa que mescla amor, poesia e filosofia.

O livro é narrado em primeira pessoa pela própria Hazel Grace, o que pode soar um pouco estranho uma vez que o autor, John Green, é um homem de 35 anos. Apesar do obstáculo, Green consegue captar a essência da personagem de tal maneira que é possível ouvir a voz de Hazel na narrativa. O tópico de câncer e doenças pode não parecer muito atraente, mas a obra não se foca apenas na doença. “A Culpa é das Estrelas” é uma história sobre a vida e principalmente sobre amor. Durante as 286 páginas do livro, você vai rir, chorar, e como diz a frase de Makus Zusak na capa do livro: “Ainda vai querer mais”.

John Green é um autor jovem e que tem muito contato com o público mais novo, pois mantém um canal no YouTube com seu irmão, Hank Green, onde postam vídeos semanalmente para um público de mais de 1 milhão de pessoas. Por conta disso, é fácil para o autor retratar dois adolescentes no seu livro de maneira bastante natural. Apesar disso, não é só de crianças que “A Culpa é das Estrelas” é feito. Personagens bastante distintos surgem durante a narrativa, como os pais de Hazel e Augustus e o autor holandês fictício, Peter Van Houten, cujo livro é citado por Hazel diversas vezes e tem grande peso na narrativa. Todos estes personagens apresentam características fortes e marcantes, sem haver um sequer que passe despercebido.

O quarto romance de John Green é uma leitura indispensável para os amantes da vida. Longe de ser um romance adolescente, “A Culpa é das Estrelas” apresenta um significado para qualquer leitor, seja qual for a sua idade. Em meio a tantos livros sobre vampiros, zumbis e fenômenos sobrenaturais, é reconfortante deparar-se com uma obra que trata apenas de pessoas, pessoas reais e histórias reais que podem acontecer com você. É uma obra totalmente humana e sincera. Enfim, se você acabar o livro com lágrimas no rosto, a culpa é de John Green.

Por Luísa Dal Mas

22 de junho de 2013

Luísa Dal Mas

Jornalista, criativa, estressada, meio louca e apaixonada por moda e história. Tentando colocar um pouco de pó mágico nas coisas do dia a dia.

0 Comments

  1. Responder

    jenleoncio

    6 de junho de 2013

    Estou querendo muito ler esse livro!!!!!!
    Parece ser muito legal!
    Beijinhos
    Jennifer
    http://queridamaiscafe.wordpress.com/

  2. Responder

    Denise

    7 de junho de 2013

    Quero ler esse livro!!!!!!!Deve ser ótimo!

  3. Responder

    Sinara

    27 de junho de 2013

    Gostei da dica, também quero ler…bjs.

Deixe uma resposta