CROISSANT COM PÓ MÁGICO (DIA 15)

Hoje é dia de conhecer meu querido cafofo! Minha casa aqui em Paris fica na Cité Internationale Universitaire de Paris, um campus privado onde estudantes do mundo todo que vêm para Paris, seja para estudar a língua, como eu, ou para fazer faculdades, mestrados e doutorados se hospedam.

Não é um campus de faculdade, pois ninguém estuda aqui. O espaço serve somente como moradia a área é dividida em diversas casas, que representam países, regiões do mundo ou tipos de estudos. Cada casa é financiada pelo seu país ou instituição de ensino que a criou, fazendo da Cité um lugar perfeito para a confraternização entre culturas.

Cité_internationale_universitaire_de_Paris_2

(foto: wikipedia)

DSC00512

DSC00503

A minha casa é a Maison des Étudiants de l’Asie du Sud-Est e infelizmente fica bem longe dessa entrada grandiosa. Pelo menos, fica super perto da estação de metrô que vai até a escola. A casa é super simples, se alguém vier se hospedar aqui, não espere um quarto cinco estrelas. O quarto tem bastante lugar para guardar coisas, varias prateleiras e um frigobar (melhor parte, assim de noite eu não preciso sair pra jantar, sempre deixo alguma coisa ali).

Photo 24-07-13 08 19 36

Photo 24-07-13 08 19 28

Um problema recorrente com a cidade, não só aqui na Cité, é que quase nada tem ar condicionado, inclusive o quarto. Com o calor infernal, de em média 32º, que tem rolado na cidade, é difícil dormir de noite, ainda mais quando uma grande diversidade de insetos entra na janela se ela fica aberta de noite. Ainda bem que essa semana refrescou um pouco, já estou até me tapando com a coberta para dormir! Grande conquista.

DSC00482

DSC00492

(propagando do Superplayer)

DSC00495

DSC00494

(minha belíssima vista para uma obra)

Meu único problema aqui com a residência foi a limpeza, mas acabei chegando à conclusão que isso é coisa de francês mesmo (mais uma pra lista). Nós brasileiros somos muito mal acostumados, como tudo arrumadinho sempre, acho que aqui é normal não dar tanto bola para arrumação e limpeza. Nos dias de limpeza dos quartos, imaginei que o pessoal ia limpar tudo, arrumar a cama, etc. No fim, nem colocar mais papel higiênico eles colocaram, a “limpeza” era só tirar o lixo mesmo. Agora já peguei a manha da limpeza e já providenciei meu próprio papel.

DSC00490

Como já foi mencionado em outros posts, o banheiro é bastante “íntimo”, fica tudo grudadinho. Não preciso nem dizer que fica tudo inundado após cada banho.

DSC00489

No geral, eu tenho gostado de morar aqui na Cité. Apesar dos seus problemas, a região é agradável e o clima de casa estudantil é muito diferente de um hotel ou apartamento qualquer. Ela fica um pouco afastada da região da escola, mas, sinceramente, eu gosto do meu tempo de viagem de metrô até lá. Posso relaxar, pensar sobre a vida e observar essa espécie fascinante que é o parisiense. Por enquanto, o saldo da residência é positivo. Veremos novamente no final da viagem. 🙂

Luísa Dal Mas

Luísa Dal Mas

Jornalista, criativa, estressada, meio louca e apaixonada por moda e história. Tentando colocar um pouco de pó mágico nas coisas do dia a dia.

0 Comments

  1. Responder

    Lisete

    29 de julho de 2013

    Como sempre arrasou no texto e estou adorando esta Cité, quero morar aí também. Bjs minha querida fofa!

  2. Responder

    Lisete

    29 de julho de 2013

    Ah, mais uma coisa pode trazer o shower shampoo como “souvenir”.

Deixe uma resposta