A mala do carnaval

Ah verão, época de ir pra praia, curtir com os amigos e comer muito camarão empanado. Tudo lindo, só que antes disso temos aquela tortura básica: arrumar a mala.

Eu nunca fui boa em arrumar mala de viagem, por anos isso foi tarefa da senhora minha mãe, porém, nos últimos tempos, acho que tenho melhorado e aprendi a não levar todo o meu armário comigo (agora só levo metade).

Já que o carnaval tá chegando e já estou indo hoje pra Santa Catarina, resolvi que seria útil mostrar o que eu estou levando na minha mala, pra quem sabe ajudar umas desesperadas que nem eu.

Sou daquelas que gosta de ter opção, então eu sempre levo um pouco mais do que o necessário pro tempo que eu vou ficar no destino. Esse ano serão 9 dias na praia, então escolhi dez blusas, entre camisetas, regatinhas básicas e blusas mais arrumadinhas.

blusas

Para a parte inferior do corpitcho não precisa de muito, um short jeans já resolve muita coisa, mais um de cor neutra e um de renda pra sair. Na praia eu gosto de ficar confortável, por isso peguei só uma saia de malha azul que combina com a maioria das minhas blusas. Vestidinhos e macaquinhos também entraram na lista, eu adoro e são sempre bons de usar quando faz aquele calorão.

shorts

vestidos

Acho que essa é a coisa mais importante: pegar as peças já pensando se elas combinam umas com as outras. Montar vários looks com peças diferentes não é prático, só vai aumentar o volume da mala. O ideal é pegar um short que combina com quatro blusas, um sapato que combina com todos os vestidos, assim você potencializa sua mala.

O melhor jeito de fazer isso é seguir uma paleta de cores. Quase todas as roupas que eu escolhi têm tons de azul, amarelo ou tons neutros como preto/branco/cinza.

As saídas de praia são essenciais, afinal (quando o tempo colabora) a gente passa a maior parte do tempo de biquíni. Eu sempre compro as minhas na beira da praia mesmo, daqueles caras que passam vendendo. Tenho essas duas camisas brancas que são bem confortáveis e combinam com qualquer biquíni.

saida de praia

Outra coisa importante que eu aprendi com o tempo é que o clima na praia é meio imprevisível, pelo menos aqui nas bandas do sul, então é sempre bom levar uma calça, um casaquinho leve e um moletom daqueles bem confortáveis pra deitar na rede e tirar uma soneca.

moletom

Com os sapatos e acessórios a regra é que menos é mais (mesmo que ainda seja bastante), e quanto mais você conseguir selecionar itens curinga, que combinam com tudo, melhor. Um tênis branco, uma sapatilha azul (por conta da minha paleta de cores que eu mencionei), uma alpargata, as clássicas havaianas, coisas básicas que servem pra qualquer situação.

sapatos

Enfim, eu ainda estou longe de ser especialista em fazer mala, ainda é uma atividade que atormenta minha vida, mas pelo menos tem o lado bom: significa que eu estou prestes a explorar um lugar diferente.

checklist

assinatura

31 de janeiro de 2016

Luísa Dal Mas

Jornalista, criativa, estressada, meio louca e apaixonada por moda e história. Tentando colocar um pouco de pó mágico nas coisas do dia a dia.

Deixe uma resposta