Os live-action da Disney que a gente esquece!

Semana passada foi liberado o primeiro teaser da versão live-action – também conhecida como ‘filme de gente’ – de A Bela e a Fera, com Emma Watson no papel principal (link do teaser pra quem ainda não viu!).

O vídeo é bem curtinho, mas já deu pra sentir que o filme vai ser incrível, acho que no mesmo estilo da adaptação de Cinderela que saiu ano passado.

Enquanto o filme não chega nos cinemas, resolvi usar a dose semanal de Disney (repararam que é um assunto recorrente por aqui né) para falar dos meus filmes live-action preferidos, que algumas pessoas talvez nem saibam que são da Disney!

> Operação Cupido

Um clássico dos anos 90, com Lindsay Lohan interpretando as gêmeas Hallie e Annie que foram separadas ao nascer e se encontram anos depois em um acampamento de verão – vou confessar que por muitos anos eu achei que a Lindsay tinha uma irmã gêmea mesmo. Esse filme é apenas sensacional, é engraçado, é emocionante e fez todo mundo achar que também tinha um irmã gêmea perdida por aí (inclusive eu).

 

> George, o Rei da Floresta

Esse filme é tão bizarro que é engraçado pensar que foi feito pela Disney – mas é bizarro da melhor maneira possível. Quando eu era pequena eu amava esse filme, adorava a música na abertura, o narrador da dublagem, os macacos . É quase um Tarzan sob o efeito de drogas e eu amo cada minuto.

> Sexta-Feira Muito Louca

Outro clássico com a Lindsay Lohan, dessa vez mais velha e mais rebelde. O filme de 2003, que é uma refilmagem de um filme também da Disney, é outro clássico. Lembro de ver isso com a minha mãe e pensar como seria trocar de lugar com ela. A melhor parte do filme é quando a Lindsay, que na verdade é Jamie Lee Curtis, precisa participar do show da sua banda de rock, a atuação das duas é sensacional.

> Sonhos no Gelo

O filme que me fez querer ser patinadora, apesar de eu nunca ter andado de patins na minha vida. Acontece que aquelas roupas, aqueles giros, é tudo tão maravilhoso que eu queria ser aquela menina. A clássica história da garota nerd que acaba conquistando todos com algum super talento escondido – como não amar. E a melhor parte: além de ser um filme da Disney, as primeiras versões dos roteiros foram escritas pela diva máxima das pré-adolescentes Meg Cabot

> Encantada

Agora uma pausa para um momento de apelo: quase todo mundo parece esquecer, mas Giselle é uma princesa da Disney – e uma das melhores, diga-se de passagem.

Ela é basicamente uma sátira das princesas que conhecemos, com todas as características teoricamente necessárias nesse tipo de personagem. É o exagero da personagem deixa o filme engraçado. Amy Adams foi perfeita nesse filme, eu amo as músicas, as cenas com o Patrick Dempsey, as caras e bocas da Giselle e do príncipe Edward. Eu diria que é um dos meus filmes da Disney preferidos e acho que merece muito mais amor.

assinatura

Luísa Dal Mas

Jornalista, criativa, estressada, meio louca e apaixonada por moda e história. Tentando colocar um pouco de pó mágico nas coisas do dia a dia.

1 Comment

  1. Responder

    Julia Vargas

    1 de junho de 2016

    Sonhos no Gelo <3

Deixe uma resposta