Pó Mágico On Film – O Grande Gatsby

Esse filme está na minha listinha desde que eu inventei essa série de posts sobre os melhores figurinos do cinema. Demorei um pouco, mas hoje vamos falar sobre todo o glamour de O Grande Gatsby, dirigido por Baz Luhrmann.

gatsby poster

O filme , claro, é uma adaptações de um dos livros mais famosos do escritor americano F. Scott Fitzgerald. O romance foi publicado pela primeira vez em 1925 e é uma homenagem, e ao mesmo tempo uma crítica, a todo o glamour, a riqueza e o exagero que dominava aquela época.

A década de 20 é, pelo menos na minha opinião, uma das mais fascinantes em termos de moda e é por isso que o figurino teve um papel tão importante na produção do filme.

gatsby arte

A responsável por vestir todos os personagens nessa história foi Catherine Martin, nome por trás de outras grandes produções como Moulin Rouge e Romeu + Julieta.

Em uma entrevista ao site Fashionista, Catherine explicou que a ideia central era trazer para o filme a mesma sensação de novidade e encantamento que os personagens sentiam naquela época de descobertas e fascinação do início do século nos Estados Unidos.

gatsby referencias

Para isso, o objetivo era fugir do clichê vestido de franjas e boá colorido, que eram só uma parte de uma década cheia de referências. Ela procurou brincar com diversas silhuetas, buscando referências tanto no início da década, quanto no final, momento em que as roupas, principalmente das mulheres, já variavam muito, buscavam valorizar mais o corpo, seja com vestidos longos, curtos, casacos, inspirações asiáticas, árabes, enfim.

A partir de uma extensa pesquisa, tanto em museus, quanto nas próprias descrições de Fitzgerald no livro, Martin conseguiu criar um visual único e muito mais interessante para o filme, saindo do lugar comum.

As festas na mansão do Gatsby são uma parte importante da história, e isso quer dizer que muitos figurantes estavam envolvidos no processo, e todo figurante precisa de uma roupa. Mais de 300 extras foram usados durante as filmagens, e cada um usava um figurino diferente.

gatsby festa

Para conseguir criar tantas roupas, Catherine trabalhou com grandes nomes da moda como Brooks Brothers, responsável por 1200 figurinos masculinos do filme (após as filmagens, eles lançaram uma coleção inspirada no filme), e Miuccia Prada, que assinou 40 vestidos para as convidadas de Gatsby, bem como um dos vestidos de Daisy Buchanan.

gatsby prada

Catherine também trabalhou na produção dos cenários, ou seja, toda a produção pro trás desse filme foi absurda, mas com certeza valeu a pena. Quando vejo o filme, eu sinto que as roupas são quase personagens secundários da história. É impossível não se apaixonar pelos vestidos, os brilhos, as jóias (fornecidas pela Tiffany’s, claro), os acessórios de cabeça. Cada detalhe foi pensando para criar essa atmosfera, esse mundo criado por Fitzgerald há quase 100 anos e que continua encantando pessoas até hoje.

gatsby cena

gatsby festa 2

gatsby daisy

assinatura

5 de junho de 2016

Luísa Dal Mas

Jornalista, criativa, estressada, meio louca e apaixonada por moda e história. Tentando colocar um pouco de pó mágico nas coisas do dia a dia.

Deixe uma resposta