Tendência: Minimalismo

minimalismo

A gente já tá cansado de saber que o estilo dos anos 90, as cores, os patches, os logos enormes, tudo isso voltou com muita força no último ano. Mas como toda ação tem uma reação, temos o outro lado da moeda com uma tendência que já virou quase um estilo de vida para muita gente: minimalismo.

> Na moda

Em termos de moda, o minimalismo se manifesta muito na paleta de cores. Os neutros passam a dominar os looks, rola muito cinza, preto, branco, tons terrosos. Logo de cara isso pode soar mega sem graça, mas na verdade ainda existe muito território para explorar em termos de texturas e shapes.

Um look todo preto ou todo branco pode ser super básico ou um traje de gala – melhor jeito de montar um look mara sem esforço.

looks minimalistas minimalismo

E mais do que uma tendência puramente de estética e estilo, o minimalismo tem muito a ver com o consumo consciente, já que um armário composto em sua maioria por peças neutras e clássicas não precisa ser renovado a cada estação. Acaba a necessidade de jogar peças fora e comprar novas, o que promove uma relação muito mais sustentável com a moda.

minimalismo kim kardashian

> Armário Cápsula

Há que vá ainda mais fundo na tendência (ou quem sabe até filosofia) minimalista e aposte no armário cápsula. O conceito foi criado pela blogueira Caroline Rector, que decidiu que não precisava de tantas roupas assim – na verdade o termo ‘armário cápsula’ foi inventado nos anos 70, pela inglesa Susie Faux.

>> Link pro blog da Caroline com vários posts sobre o tal armário capsula!

E bem como o nome sugere, a ideia é montar um armário com um número limitado de peças que combinam perfeitamente entre si. Caroline definiu uma estrutura básica para o armário cápsula que foi adotada por várias blogueira pelo mundo: 37 peças de roupa que servem para 3 meses ou uma estação – e nada de compras!

Nesses 37 só não entra roupa íntima, roupa de festa e de ginástica. Fora isso, tem que fazer caber! É uma coisa bem extrema, ainda mais comparando com toda essa cultura das fast fashion que vivemos hoje, mas segue o padrão que eu citei antes: ter uma relação mais consciente com as roupas e aquilo que consumimos.

> Seja digital!

Além do âmbito das roupas, a tendência minimalista também entra na relação com as ferramentas digitais. Várias blogueiras e youtubers falam sobre deixar de lado cadernos, agendas, bloquinhos e todo tipo de papel desnecessário de lado para apostar na organização digital.

Usar o calendário do computador, anotar coisas no celular, digitalizar documentos, fazer com que as contas sejam enviadas pela Internet e não pelo correio. Enfim, tudo que for possível deve ser digitalizado. O objetivo é, claro, ser mais ecologicamente correto, mas também diminuir a “bagunça” do nosso dia a dia e o número de coisas que nós acumulamos nas gavetas, nos armários, nas caixas embaixo da cama.

> Instagram

Vocês já devem ter visto aqueles feeds branquinhos e lindos pelo Instagram das bloggers por aí, né? Pois é, mais uma manifestação do minimalismo. De uns tempos pra cá, ter um feed organizado, uniforme e esteticamente agradável virou quase regra no mundo dos digital influencers – até eu entrei na jogada.

Muitas vezes um feed branco/cinza/neutro é usado, apostando em fotos com fundos claros, sem muita informação, com um enquadramento bem limpo. Dá um pouquinho de trabalho, mas o resultado fica lindo.

instagram minimalismo

assinatura

Luísa Dal Mas

Jornalista, criativa, estressada, meio louca e apaixonada por moda e história. Tentando colocar um pouco de pó mágico nas coisas do dia a dia.

Deixe uma resposta