O hip hop e o estilo setentinha de The Get Down

the get down roupas

O Netflix sempre acerta nas recomendações de séries e filmes comigo. Quando apareceu o banner de The Get Down ali na minha página inicial fiquei intrigada e depois do primeiro episódio já sabia que ele tinha acertado de novo.

The Get Down é, basicamente, sobre o nascimento do hip hop. A história se passa no Bronx, bairro pobre de Nova York, em meados da década de 70, no auge da música disco, das calças pantalonas e do black power.

the get down roupas

É nesse cenário que a gente acompanha a história do Zeke e seus amigos, que descobrem essa cultura emergente do hip hop, dos DJs e dos MCs através do Shaolin Fantastic, um grafiteiro e aprendiz de DJ, famoso pelos suas obras nas ruas do bairro – e igualmente famoso pelos seus tênis Puma vermelhos e perfeitamente limpos.

> Hip hop X disco

A moda está praticamente enraizada na história do hip hop e de toda a cultura que veio junto com esse estilo musical. Por isso, não é de se espantar que as roupas tenham um papel importante nessa série.

As responsáveis por toda a criação do figurino foram Catherine Martin (esposa do diretor da série, Baz Luhrmann) e Jeriana San Juan. Juntas elas tentaram criar, através das roupas, um universo que fosse extremamente autêntico, mas ainda assim meio lúdico, como uma realidade exagerada.

the get down roupas

the get down roupas

Para conseguir chegar nesse resultado, rolou muita pesquisa, buscando referências em filmes, documentários, músicas, fotografias da época e até em entrevistas com nomes que fizeram história naquela época.

A partir de uma conversa com a Lady Pink, uma das primeiras grafiteiras de Nova York, Jeriana descobriu que os grafiteiros costumavam usar jaquetas personalizadas para se identificar enquanto artistas, como se eles carregassem a sua obra nas costas. Por conta disso, o personagem de Jayden Smith ganhou sua própria jaqueta grafitada – produzida exclusivamente pela própria Lady Pink!

the get down roupas

Como eu falei ali em cima, os tênis tinham papel de destaque no estilo hip hop/rap. Foi nessa época que eles ganharam esse status cool que nas últimas temporadas foi resgatado. Converse, Puma e ProKeds foram algumas das marcas que bombavam entre os jovens naquela época e que estão presentes na série.

Pra entender o nível de importância dessa peça na época: o DJ Grandmaster Flash, um dos pais do hip hop que serviu de inspiração para um dos personagens da série, disse que andava com uma escova de dentes no bolso, para dar uma limpadinha nos tênis quando eles ficavam com alguma marca – isso é dedicação minha gente.

the get down roupas

Muito do guarda-roupa das personagens foi composto por peças vintage, encontradas em brechós ou mesmo produzidas diretamente para a série (como várias das roupas usadas por Mylene), isso para tentar manter aquela autenticidade que eu falei antes.

the get down roupas

Só que a moda dos anos setenta esteve muito em alta nessas últimas temporadas, então não foi difícil para as designers encontrarem peças de marcas atuais que se encaixavam no universo da série, como Gucci, DVF e até Topshop!

Eu adorei assistir essa série, não só pelo enredo que é muito bem construído, mas por toda essa estética que foi criada. Eu adoro história da moda (vocês já sabem disso) e acho incrível poder entender melhor como as pessoas daquela época realmente se vestiam.

Então fica aí minha dica de série legal + aulinha de história da moda pra vocês, vale muito a pena!

the get down roupas

assinatura

Luísa Dal Mas

Jornalista, criativa, estressada, meio louca e apaixonada por moda e história. Tentando colocar um pouco de pó mágico nas coisas do dia a dia.

Deixe uma resposta